Oclusão

    Oclusão

    O que é a Oclusão?

    A oclusão dentária consiste na forma como os dentes se relacionam entre si.

    Para se obter uma oclusão ideal, é necessário que se estabeleça uma correta relação entre os maxilares através da ATM.

    A articulação temporomandibular (ATM) é uma articulação localizada na porção superior do maxilar inferior e à frente do ouvido. Esta permite todos os movimentos e respetivas funções mandibulares: a mastigação, a deglutição, a fonação e a postura. Todas estas funções dependem da boa saúde e estabilidade da ATM, para funcionarem de forma adequada.

     

    Quando existe alguma alteração nesta articulação ocorre a denominada Disfunção Temporomandibular (DTM) – condição médica, dentária ou facial, associadas ao anormal funcionamento da articulação e das suas estruturas envolventes (ligamentos, músculos da mastigação, ossos da face, dentes e estruturas de suporte dentário).

     

    Os sintomas da DTM são muito díspares, o que induz o doente a não os relacionar com esta disfunção. Estes podem ir desde dor de cabeça, dor na própria articualção, dor de ouvido, zumbidos, dor ou cansaço dos músculos da mastigação, dor cervical, ruídos articulares (estalidos ou crepitação), vertigens, perturbações visuais e podendo mesmo levar a dificuldade ou limitação na abertura bucal. As condições músculo-esqueléticas, quer da região cervical, quer da musculatura da mastigação, são a maior causa de dor não dentária na região orofacial.

     

    A disfunção da ATM pode estar relacionada a hábitos comuns, como o apertamento dentário e o bruxismo, sucção digital, o uso prolongado de chupeta, a sucção de língua ou lábios, bem como a fatores relacionados com  stress, depressão, ansiedade ou eventos traumáticos.

     

    Devido à complexidade do seu quadro clínico o tratamento destes pacientes implica a atuação de uma equipa multidisciplinar – médico dentista, fisioterapeuta, terapeuta da fala e até mesmo psicólogo.